img-principal-post-nutricao

Nutrição: é a etapa queridinha do cronograma capilar. Isso porque esse é o tratamento capaz de devolver nutrientes pro nosso cabelitcho e dar fim ao frizz e ao ressecamento.

Como saber se meu cabelo precisa de nutrição?

A nutrição dos cabelos é um fator muito importante para beleza das nossas madeixas. Quando desnutridos, os fios tendem a cair mais, ficam fracos e sem vida. Além disso, a desnutrição prejudica a retenção da hidratação dentro da fibra, fazendo os cabelos aparentarem muito mais ressecados, volumosos, indefinidos e sem brilho.

O que a nutrição faz?

Essa etapa é responsável por devolver os lipídios da fibra capilar, ou seja, a oleosidade natural do nosso cabelo. Por isso muitas meninas adoram fazer um tratamento chamado “UMECTAÇÃO” nessa etapa. A umectação é um banho de óleo vegetal nos cabelos para devolver aos fios sua umidade natural e, como consequência, transformar o seu cabelo em madeixas bem hidratadas, uma verdadeira cabeleira macia e brilhosa.

Como fazer?

Procure produtos máscaras com aminoácidos, manteigas vegetais, óleos vegetais ou ceramidas. Se você optar por fazer umectação com óleo, é importante ressaltar que os óleos utilizados precisam ser vegetais, como de oliva, gérmen de trigo e aveia, e devem ser virgens. Não podem ser óleos refinados, ok? Porque durante o refinamento industrial os óleos perdem todas as substâncias benéficas para os cabelos. Escolha por exemplo o azeite extra virgem e o óleo de coco, que são de muito fácil acesso.

Você também misturar algumas gotinhas do óleo na sua máscara de nutrição se a ideia de encher o cabelo de óleo por algumas horinhas não te agrada! 😉

#édica: cabelos ressecados ou cacheados devem fazer nutrição de 1 a 2 vezes na semana.

Gostou das dicas? Pra aprender também sobre RECONSTRUÇÃO CAPILAR é só clicar aqui.

Sem Comentários
img-principal-post-lowpoo

Já ouviu falar que as técnicas No e Low Poo são ótimas para manter os cabelos lindos (principalmente os cacheados) mas não sabe bem o que é, como começar e quais produtos usar? Então esse post é pra você.

#1 O que é Low Poo?

No poo e low poo são técnicas de lavagem capilar que significam “sem shampoo” e “pouco shampoo”, respectivamente. Também podem ser traduzidas como “sem espuma” e “pouca espuma”. O objetivo dessa técnica é limpar o cabelo da maneira mais suave possível, sem fazer uso de agentes químicos como sulfatos e petrolatos que removem toda oleosidade natural do cabelo e ressecam a fibra capilar.

A técnica foi desenvolvida por Lorraine Massey, cabeleireira e cofundadora da marca Deva Curl, e hoje é utilizada no mundo inteiro.

#2 O que é proibido em cada técnica?

Além dos sulfatos, que são agentes químicos de limpeza, a técnica abre mão do uso de qualquer produto que contenha petrolatos e silicones . Por quê? Ambos são ingredientes também químicos e que não agregam nenhum benefício real aos cabelos. Eles agem apenas como uma maquiagem na superfície dos fios, deixando-os bonitos e brilhosos por algum tempo, até que você lave os cabelos novamente.

O outro fator que proíbe o uso desses ingredientes na técnica é que eles só podem ser removidos justamente com o uso de sulfatos fortes. Caso contrário, eles acumulam no cabelo deixando um aspecto emborrachado e opaco.

Derivados do petróleo – proibidos nas duas técnicas (No e Low Poo):
Petrolatum (Petrolato); Mineral oil (Óleo mineral); Parafinum (Paraffin, Parafina); Parafinum Liquidum; Vaseline (Vaselina); Isoparaffin; C13-14 Isoparaffin; Dodecane; Isododecane; Alkane (Alcano); Cera Microcristalina (Microcrystalline Wax); Hidrogeneted Polysobutene.

Sulfatos pesados – proibidos nas duas técnicas (No e Low Poo):
TEA Lauryl Sulfate; Ethyl PEG-15 Cocamine Sulfate; Sodium Laureth Sulfate; Sodium Lauryl Ether Sulfate; Sodium Laurisulfate (Sodium Lauryl Sulfate); Sodium Myreth Sulfate; Sodium Trideceth Sulfate; Sodium Coco-Sulfonate; Sodium Sulfate Coconut; Sodium 2, podendo ser complementado com Tridecyloxy, Ethony e Ethyl Ester Sulfate; Ethanol 2, podendo ser complementado com Tridecyloxy, Ethony, Hydrogen Sulfate e Sodium Salt; Sodium Tridecyl Sulfate Ether Ethanol; Sodium Tridecyl TRI (Oxyethyl); Sodium Alkylbenzene Sulfonate; Alkylbenzene Sulphonate; Ammonium Lauryl Sulfate; Ammonium Laureth Sulfate; Ammonium Lauryl Ether Sulfate; Ammonium ou Sodium Xylenesulfonate; Ammonium Laureth; Tridecyl Polyoxyethylene Sodium Sulfate; Lauryl Sulfate; Myristal Ether Sulfate; Sulfonato de Sódio Olefina C14-16 (Sodium C14-16 Olefin Sulfonate) e TEA Dodecilbenzenosulfonate (O último é proibido quando presente na composição de shampoos e liberado quando na composição de condicionadores, máscaras ou leave-ins).

Sulfatos leves – liberados para Low Poo e proibidos para No Poo
Sodium Cocyl Isethionate; Sodium Lauryl Sulfoacetate; Sodium Cocoyl Glycinate; Sodium Lauryl Glucose Carboxylate; Sodium Socoyl, ou Lauryl/Lauroyl, Sarcosinate; Ethyl PEG-15 Cocamine Sulfate; Dioctyl Sodium Sulfosuccinate, também conhecido como Aerossol-OT ou AOT; Decyl Glucoside Poly Carboxylate; Sodium Methyl 2-Sulfolaurate/Disodium Sulfolaurate; Methyl Cocoyl; Lauryl Taurate; Pluronic e Tetronic surfactantes; Poliglucosídeos (Polyglucosides); Sodium Lauryl Sulfoacetate; Disodium Laureth Sulfoccinate;
Sodium Lauroyl Sarcosinate; Distearoylethyl Hydroxyethylmonium Methosulfate; Cocobetaine;
Cocamidopropyl Betaine; Cocabetaine; Cocoamphopropionate.
Silicones insolúveis – liberados para Low Poo e proibidos para No Poo
Amodimethicone; Cetearyl Methicone; Cetyl Dimethicone; Cyclomethicone; Cyclopentasiloxane; Dimethicone Crosspolymer; Vinyl Dimethicone; Vinyl Dimethicone Crosspolymer; Dimethicone; Methicone Silsesquioxane Crosspolymer; Crosspolymer Dimethiconol; Stearyl Dimethicone; Trimethylsilylamodimethicone; Simethicone;
Polydimethylsiloxane; Methicone; Phenyl Trimethicone; Dimethylpolysiloxane; Bis-Aminopropyl Dimethicone; Dimethiconol; Behenoxy Dimethicone; Stearoxy Dimethicone; Propoxytetramethyl Piperidinyl Dimethicone (PTMPD).

Além disso, não é indicado também o uso de Parabenos, que são ingredientes utilizados para conservar as fórmulas. Não por fazerem mal aos cabelos, mas por ter estudos que comprovam que esse ingrediente é maléfico para a saúde e está associado ao câncer.

#3 Como começar a prática No / Low Poo?

Já comprou todos os produtinhos liberados pra técnica? Então comece limpando uma última vez com um shampoo de limpeza profunda, com sulfatos pesados, para remover todo e qualquer resíduo de petrolatos e silicones que tiverem na sua fibra capilar. É importante que esse shampoo não contenha óleo mineral, parafina líquida, isoparafina, petrolatos, vaselina, dodecano, isododecano e alcano.

Depois você já pode prosseguir com um condicionador liberado para a sua técnica e finalizar os cabelos.

#4 Por que fazer essa técnica? 

Seguindo a técnica No / Low Poo você trata os cabelos sem usar maquiagens ou químicas que agridam e ressequem os fios. Seus cabelos ficarão muito mais macios, brilhosos e nutridos.

Todos os óleos vegetais estão liberados para umectação.

Ficou com alguma dúvida? Pergunta pra gente aqui no Blog ou no Instagram. 😉

Sem Comentários
img-principal-post-3-finalizacoes

Quer descobrir os cabelos que estão fazendo a cabeça das famosas nesse 2018? Então vem:

fotos-post-tipos-de-cabelo-messy-hairO Messy Hair é, literalmente, um cabelo bagunçado, no estilo bem “podrinho” mesmo. Essa finalização é super moderna e descolada, além de passar uma atitude super poderosa, total girl power.

Pra conquistar esse visual, você pode se jogar sem medo nesses produtos:

– Lee Stafford Beach Babe Sea Salt Spray: ele é um gel texturizante de fixação leve, ao mesmo tempo que fixa permite que o cabelo continue com um movimento bem natural e “selvagem”.

– Pó Texturizador L’Anza: ele dá textura e volume até nos cabelos mais finos, serve para ser usado tanto no comprimento e pontas quanto diretamente na raiz. Além do volume e textura, ele ainda proporciona um acabamento matte super moderno.

 

fotos-post-tipos-de-cabelo-sleek-hairO Sleek Hair é um modelinho extremamente moderno e sensual. Hit das passarelas e na cabeça das modelos e atrizes, o sleek hair é um cabelo bem alinhado e rente ao couro cabeludo, com um certo aspecto de gel com acabamento molhado.

Pra esse penteado, use:

– Gel Tecni Art Fix Max 6 da L’Oréal Professionnel: ele é poderoso, proporciona sustentação e firmeza por longas e longas horas para o seu Sleek Hair.

– Spray Condicionador Brume Sublimatrice da L’Oréal Professionnel: ele dá muito brilho e maciez em um só instante, deixando o cabelo com um aspecto maravilhoso de polimento.

 

fotos-post-tipos-de-cabelo-swag-hairO Swag Hair é uma reinvenção do queridinho long bob.  Ele é formado por camadas frontais desconectadas no comprimento, que dão volume e movimento às madeixas. Para finalizar esse cabelitcho, invista no produtinho abaixo:

Tecni.Art Full Volume Force 5: ele dá volume aos fios e reforça o movimento das ondas e/ou cachos.

 

 

 

 

E aí, já sabe qual combina mais com você? Conta pra gente! ❤

Sem Comentários