img-principal-post-perfume-ideal

Você sabia que cada pessoa é capaz de identificar claramente cerca de 10.000 odores diferentes? Mas diante de tantas opções, se torna difícil a tarefa de encontrar aquela fragrância perfeita pra gente, né?

Já teve a experiência onde a fragrância que estava usando foi super marcante em algum momento especial, como uma entrevista de emprego ou um encontro? A escolha de um perfume é muito pessoal pois eles transmitem algo sobre a gente, por isso vários fatores nos influenciam na hora da compra. Associamos odores com memórias positivas e negativas que acumulamos ao longo das nossas vidas, guardando estas impressões em nossa mente. Nosso humor, idade e a ocasião em que queremos utilizar o perfume também guiam nossas escolhas.

É claro que está longe de existir uma regra fixa na hora de comprar ou mesmo de usar um perfume. É muito comum uma mesma fragrância apresentar um cheiro deferente dependendo da pele da pessoa, pois os odores corporais são únicos. Mas separamos um guia infalível que vai te auxiliar muito na hora da escolha do seu cheirinho:

– EDT ou EDP?

Muitos perfumes carregam o mesmo nome, mas vem com uma sigla misteriosa: EDP ou EDT. Sabe o que isso significa?
EDP quer dizer Eau de Parfum e EDT Eau de Toilette. A diferença entre eles é bem simples, as notas dos perfumes que levam o mesmo nome podem até ser iguais, mas dependendo da sigla que vem depois, a concentração da fragrância é maior ou menor, deixando ela mais forte ou mais suave.
O EDP é composto de 8-16% de concentração e suas notas são mais marcantes. Sua fixação é de 12 horas na pele. Já o EDT é uma fragrância mais delicada, sua concentração é de 4-8% e dura até 8 horas.
Normalmente as pessoas tendem a usar o EDT durante o dia e o EDP para eventos de noite. Mas como a gente já disse, não existe regra!

– Liste os aromas que você mais gosta

Que tal fazer uma listinha dos seus cheiros preferidos? Como cheiro de terra molhada, roupa nova, ou até mesmo flores! O mais importante é lembrar de aromas que tem algum significado para você, assim você pode escolher um perfume que tenha notas semelhantes. Legal, né?

– Qual o perfume ideal para o meu tipo de pele?

Sabia que o cheirinho do perfume pode mudar de pessoa para pessoa? Um perfume pode não combinar com você porque o aroma muda de acordo com o tipo de pele, alimentação, transpiração e até comportamento!
Os perfumes reagem de uma formas diferentes em cada tipo de pele. Isso acontece porque cada pessoa tem um PH diferente. Para te ajudar vamos relacionar o perfume mais compatível para cada tipo de pele:

  • Pele oleosa: a pele oleosa tem uma super fixação! Ela consegue segurar o aroma por muito mais tempo, por isso a dica é evitar fragrâncias com um cheiro muito intenso. Os perfumes perfeitos para as meninas com esse tipo de pele são os com notas mais suaves, dos tipos EDT ou até mesmo versões sem álcool de sua fragrância favorita. Os perfumes cítricos são ideais para peles oleosas!
  • Pele seca: como a pele seca é um pouco áspera e opaca acaba tendo menor fixação do perfume, causando a impressão de que o cheirinho dura pouco. O perfume certo para esse tipo de pele é um mais forte, com aroma mais intenso e encorpado. A hidratação da pele também tem relação direta com a duração do perfume. Um dica bacana é hidratar a pele antes de aplicar a fragrância, porque a hidratação ajuda a reter melhor o aroma! Após o banho, passe um hidratante sem perfume ou uma loção. Assim que o hidratante for absorvido, aplique o perfume. Você vai sentir a diferença 😉

– Floral, cítrico, amadeirado… ahm?

É fácil se confundir, né? As famílias olfativas permitem classificar os perfumes de acordo com sua característica olfativa principal. Originadas de um conjunto de matérias-primas (flores, madeiras, aromáticos, cítricos, etc.) ou de um acorde tradicional (oriental, chipre), elas podem ser cítricas, florais, amadeiradas… As principais são:

  • Aromático: os aromáticos são compostos principalmente por sálvia, alecrim, tomilho e lavanda, geralmente acompanhados por notas cítricas e apimentadas. Esta familia é muito utilizada na perfumaria masculina.
  • Floral: a família olfativa mais popular! É composta por jasmim, rosas, gardênias e outras flores. Podem ser apresentadas em suas formas puras ou com toques orientais. São notas que transmitem romance, delicadeza e feminilidade.
  • Floriental: notas, misteriosas, cativantes e sensuais! São uma combinação entre florais com fundo oriental e um toque adocicado.
  • Oriental: notas sensuais, misteriosas, quentes, envolventes. Uma combinação de notas frescas com notas mais quentes, como baunilha, âmbar e madeiras.
  • Amadeirado: notas, refinadas, elegantes. Familia composta por madeiras como cedro, sândalo, patchouli, que podem resultar em notas mais secas e menos adocicadas. Possuem toques de canela, terra ou tabaco.
  • Fougère: fragrâncias estimulantes e marcantes! Um acorde que inclui notas cítricas, lavanda e cumarina acompanhadas de notas amadeiradas e de almíscar. Na maioria das vezes os perfumes desta família são masculinos.
  • Cítrico: são composições leves e pouco perfumantes em longo prazo. Muito frescas, podem ser usadas por homens, mulheres, crianças e bebês! Suas principais matérias-primas são as essências de cedra, litsea cubeba, bergamota, limão, laranja e cumarú.

– Dicas de uso!

Mais importante do que escolher a fragrância preferida é saber como aproveitá-la ao máximo, né? Então fica de olho nas nossas dicas espertas pro seu cheirinho não desgrudar de você!

  • Uma dica muito importante é não deixar o seu frasco de perfume na luz solar direta, porque ele faz o produto acabar mais rápido, além de modificar o cheiro e fixação. Tente sempre guardar os seus frascos bem fechados, para a fragrância não envelhecer antes da hora. O ideal é sempre deixar na caixa, assim suas fragrâncias favoritas vão durar por muito mais tempo!
  • O cheiro do perfume muda ao longo do dia, sabia? Para descobrir de verdade como -fica o cheirinho na sua pele é legal esperar pelo menos uma hora após a aplicação!
  • Você sabe quais são as áreas mais indicadas para passar o perfume? São normalmente os lugares mais quentinhos do nosso corpo, como a nuca, pulso, atrás da orelha, dobra dos cotovelo e atrás do joelho! Estas áreas tem maior circulação sanguínea e dispersam melhor a fragrância no ambiente. Além disso esses lugares não transpiramos tanto, o que ajuda na ativação da fragrância.
  • Outra dica legal é passar o perfume na medida correta! Qualquer exagero pode deixar o cheiro forte demais, e acabar sendo incômodo pra você e para as pessoas que convive! Para que o perfume mantenha seu efeito sob medida, é importante pensar que menos é mais: escolha duas áreas e borrife o perfume apenas uma vez em cada área escolhida. Nem pense em aplicar perfumes nas roupas, ein! O tecido já tem um odor e pode se misturar se ao da fragrância e alterar o aroma (além do risco de manchar sua peça!)
  • Você já reparou que deixamos de sentir o cheiro do perfume com o tempo? Acontece que com o dia a dia provocamos uma saturação olfativa, ou seja, o cheiro fica tão comum que nós não percebemos mais! Triste, né? Nesse caso, a dica é apostar um perfume para cada ocasião. Mas lembre-se: as pessoas ao redor conseguem sentir, então, não exagere na aplicação 😉

Agora que você já sabe tudo de perfumes, que tal escolher o que combina mais com você? Separamos os perfumes mais queridos aqui da redação! Apostamos que vai ser difícil escolher só um!

SHARE

Comentar

Your email address will not be published.