img-principal-pele

O melhor do universo da maquiagem é que tem espaço pra todo mundo e pra todos os gostos. Há quem curta uma make no maior estilo reboco, com aquela pele super bem coberta e perfeitinha. E há quem curta uma pele mais natural, com cobertura e uniformização, mas com aquela aparência de “nasci assim”, sabe? Se você faz parte desse segundo time, do carão natural, então vem com a gente porque esse post é pra você.

#1: preparação de pele é muito importante, não pule essa parte 😉 Tudo que você usa no rosto antes de fazer a maquiagem faz muita diferença em como o produto vai “vestir” na sua pele e quanto tempo ele vai durar. O mínimo que se espera pra base cair bem na sua pele é que ela esteja transbordando hidratação. Por isso, não só antes da make mas todos os dias, cuide do rosto com carinho e creminhos. Combinado?

#2: teste e escolha muito bem a sua base. O melhor tipo de base pra fazer essa “pele nada” são as líquidas, com cobertura média e SEM acabamento matte. É claro que quem manda nessa escolha é o seu gosto, tá bom? Não estamos aqui pra ditar a base que você vai usar. Dá pra fazer uma pele nada com efeito fosco? Dá! Mas a gente sabe que a pele natural, NATURAL MESMO, brilha. Pele com brilho é sinônimo de “pele de ser humano”, ou SEJE, todos nós. hahah Mas, voltando pra dica: caso você tenha uma base matte em casa e queira dar uma transformada nela pra deixar luminosa, basta pingar uma gotinha de óleo ou hidratante em creme e fazer uma misturinha antes de aplicar.

Importante: não precisa exagerar na quantidade de base, ok? É só ir aplicando aos poucos e construir camadas, até encontrar a cobertura ideal pra você. Se algumas manchinhas pontuais te incomodam, não tem problema, é só corrigir as manchinhas com corretivo depois de finalizar a aplicação da base.

Outro ponto importante: as ferramentas que entregam uma aplicação de base mais natural são as esponjinhas e o pincel kabuki, ou as próprias mãos. Os pincéis do tipo língua de gato não são tão bons pra esse tipo de tutorial, pois acabam sobrecarregando a concentração de produto na pele.

#3: pode usar pó nesse tutorial? O pó que mais se encaixa nesse tipo de pele natureba é o translúcido, bem fininho, apenas nas regiões que costumam craquelar ou sair mais. Tipo nariz, abaixo dos olhos, linhas finas do bigodinho chinês, etc.

#4: agora é a hora de tacar iluminador! Mas pode tacar com vontade, fazendo como se fosse um C nas têmporas e maçã do rosto. Você pode aplicar também um pouquinho no nariz, no arco do cupido, queixo ou aonde mais quiser reluzir. Os iluminadores líquidos e cremosos costumam ser mais naturais, não deixam aquela sensação de pó e sim de que é uma luminosidade natural da pele.

E aí, preparadas pra produzir uma pele LYNDA e bem naturalzinha? 

Conta pra gente, qual tipo de pele vocês mais amam na maquiagem? As naturais ou o queridinho reboco? 😉 

Sem Comentários
img-principal-post-iluminador

Se você ainda não tem um iluminador, está perdendo tempo. Porque ele é uma arma incrível pra fazer maquiagens  super produzidas ou bem naturais. A principal função desse produtinho é ressaltar o que você tem de mais belo no rosto! Mas como tudo na vida, existem algumas regrinhas de utilização pro resultado ficar bapho 😉 Vem ver:

#1 Onde aplicar?

mapa de iluminador-min

#2 Qual tom escolher?

Para peles morenas e negras: as morenas podem usar e abusar de todos os tipos de iluminador, mas os tons de dourado e bronzer ficam um luxo com toda aquela melanina por baixo deles.

Para peles mais claras: dê preferência aos tons champagne, perolado e até mesmo iluminadores puxados para o pêssego.

#3 Qual textura escolher?

Cremosos: são fáceis de usar e podem ser aplicados em diversas áreas do rosto que pedem um glow. Geralmente os cremosinhos não são tão pigmentados e tem uma duração média. Áreas que se adaptam melhor à textura: têmporas, “C” na lateral dos olhos, ponte do nariz e “V” dos lábios.

Líquido: Muito mais fluidos, os iluminadores líquidos garantem um resultado bem suave. Para não errar nem exagerar na dose, indicamos que aplique duas gotinhas no dorso da mão e depois levar com os dedos até o rosto espalhando bem o produto. Áreas que se adaptam melhor à textura: pálpebra, têmporas, ponte do nariz e “V” dos lábios.

Pó: Pra quem gosta de chegar chegando! Essa versão é a que geralmente possui mais pigmentação e mais durabilidade no rosto. Além disso, são ótimos pra quem tem pele oleosa! Áreas que se adaptam melhor à textura: acima das maçãs, canto interno dos olhos e arco das sobrancelhas.

Sem Comentários
img-principal-post-strobing

Já foi o tempo em que a pele super matte, com blush e contorno opacos, fazia a cabeça da mulherada. Hoje o que a gente tem visto com força nas passarelas e na make das influenciadoras é bem o contrário: muita luminosidade! ☀️☀️ Esse movimento a favor do glow  pode ser lido como um até logo ao inverno, porque a gente sabe que tem muita gente doidinha pra dar boas vindas aos dias mais quentinhos de primavera. ?

  • O segredo do glow começa antes da base:

Pra conquistar uma pele luminosa você vai precisar caprichar na hidratação e se livrar daquela opacidade comum em peles ressecadas. Por isso separamos alguns séruns específicos para devolver esse brilho saudável da pele:

  1. Glow Revival  – Shiseido
  2. Mineral 89 – Vichy
  3. Cellular Radiance Perfecting Fluide – La Prairie

 

  • Na hora da base, foque nos produtinhos com acabamento fresh/luminoso:

As bases luminosas estão ganhando cada vez mais espaço no coração dos amantes de maquiagem. Chegou a hora de deixar a base matte um pouquinho de lado para se aventurar em efeitos mais leves, com luminosidade natural, que são muito a cara de dias mais quentinhos.

Gostou? Então anota aí alguns produtinhos que são ótimas opções:

  1. Diorskin Star – Dior
  2. Cushion Miracle – Lancôme
  3. Sheer And Perfect Foundation – Shiseido

 

  • Agora sim! Estão pre-pa-ra-dxs para ela? A estrela do post. A dona da luminosidade. A técnica Strobing: 

Strobing é uma técnica similar ao contorno, ela pode ser usada para complementar o contorno e também sozinha. A diferença é que no contorno você brinca com o jogo de cores para disfarçar os seus traços, usando tons mais escuros que a sua pele, e no Strobing você vai iluminar cada ponto do seu rosto que te favorece (é só pensar no ângulo da selfie) para que eles ressaltem ainda mais.

As principais regiões que você deve caprichar no brilho são as áreas responsáveis por deixar o rosto mais anguloso, como a testa, a linha central do nariz, o alto das bochechas, o queixo e o “V” superior da boca.

Pode se jogar sem medo nos iluminadores em pó ou líquidos e até mesmo sombras iluminadoras. Pra facilitar a sua vida, separamos aqui em baixo alguns dos nossos iluminadores preferidos pra vocês darem uma olhada:

  1. Mary Lou Manizer – The Balm 
  2. PhotoReady Insta-Fix Highlighting Stick – Revlon
  3. Chubby Stick Sculpting Highlight – Clinique

 

Por um mundo com mais brilho e mais luminosidade ?✨?✨

Sem Comentários
img-post-outono

É só a gente pegar o primeiro casaquinho no armário que já da vontade de colocar aquele batom BAPHO e fazer um olho bem marcado, né?? Até porque esse friozinho pede make mais pesada! Mas pode tirar seus produtinhos queridos da penteadeira!

O outono acabou de chegar e já temos várias tendências lindas de make? E como sempre, essas inspirações vieram todinhas das passarelas internacionais, que já apontam muito brilho, ousadia e uma dose de mistério para a estação 😉

Separamos 4 super tendências do outono para você se inspirar, usar e abusar. Até porque, make é pra brincar né mores!

Se não for pra brilhar a gente nem sai de casa!

Até agora a gente brincou de iluminar a pele, mas agora vai ser pra valer! As passarelas do mundo inteiro vieram provar que pele iluminada é uma tendência que veio pra ficar. Então já sabe: invista em um iluminador lindo e brilhe muito nesse outono/inverno  ✨✨

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

Ele voltou, e já chegou arrasando <3

É isso mesmo: o gloss voltou com tudo, ta liberado! Aqueles lábios volumosos e brilhantes da sua adolescência que eram a sensação dos anos 90 estão super na moda, acredite ??? Uma dica legal é que ele pode ser combinado com várias cores de batons 😉 E ai, já escolheu um gloss pra chamar de seu?

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

A melhor tendência que você respeita

Uma das tendências mais vistas nas passarelas! A sombra bronze é super sofisticada e a cara da estação. Você pode aplicar em toda a pálpebra móvel ou apenas no meio 😉 Puro luxo, né? Agora a gente pode usar aquele esfumado que já amamos com um toque de bronze que é super riqueza ?

2be6bd46a4cd60589482baaec0e9c607
Fonte: Pinterest

Toda trabalhada na gótica suave

A gente já ama muito, a gente já usa muito, mas nesse outono vamos usar DEMAIS os batons escuros. Vinho, roxo, marrom e até preto. Bota a cara no sol e esses lábio pra jogo e arrase nas cores da estação!

Fonte: Pinterest
Fonte: Pinterest

1 Comentário
img-principal-post-strobing

A técnica de strobing virou febre no mundo da maquiagem e vem conquistando vários adeptos. Mas você sabe o que é o strobe?

Na verdade é muito simples: a técnica consiste em iluminar a pele para criar a ideia de dimensões faciais. A pele parece bem mais leve, hidratada e viçosa, com aquele glow que traduz saúde. Além de deixar sua make muito mais bonita e glamourosa.

O segredo do iluminador é aplicar nos lugares certos:

1. Na área entre a têmpora e a bochecha, mais ou menos no formato de uma letra C. Assim o seu rosto fica bem anguloso e ainda ajuda a disfarçar aquela aparência de cansaço

2. No cantinho de dentro dos olhos, embaixo da sobrancelha e embaixo dos cílios inferiores. Esse efeito levanta o olhar e deixa os olhos maiores

3. Em cima do arco do cupido. Molda os lábios e dá aquela impressão de boca carnuda, principalmente quando você usa um batom bem escuro.

4. Na parte zona T. Esse efeito afina o nariz e o deixa um pouquinho mais arrebitado
Para aplicar você pode usar o dedo, principalmente para os iluminadores mais cremosos, ou um pincel nem tão pequeno nem tão grande, quando o produto for em pó.

Por mais simples que pareça, todo cuidado é pouco para não parecer que você acabou de sair de um bloco de carnaval. Pesou a mão? Uma dica legal é tirar o excesso com os dedos e passar um pincel com pó por cima, para dar uma suavizada.

Assim como o blush, a base e o corretivo, o iluminador também reserva tonalidades e texturas ideais para cada pessoa. As de pele clarinha podem apostar em tons mais suaves, já as morenas podem investir no iluminador com tons dourados e as negras ficam lindas com tons que tendem para o bronzer. Para escolher a textura, dê preferência para os com efeito matte durante o dia e os shimmer durante a noite.

E já que estamos falando de iluminadores, separamos os nossos preferidos para vocês:

1 Comentário