img-principal-post-hidratante-facial

Com tantas opções de hidratante facial fica difícil saber qual é o ideal pra sua pele, não é? Mas fica tranquila porque separamos algumas diquinhas infalíveis que vão te ajudar:

#1 Qual é o seu tipo de pele?

Identificar o seu tipo de pele é o primeiro passo para escolher o produto ideal para a sua pele. Quanto mais seca for a sua pele, mais você está liberada para usar texturas de cremes mais ricos e densos. As oleosas e mistas, por outro lado, precisam se preocupar em escolher texturas mais leves e, principalmente, livres de óleo na sua composição.

Pele Normal: Com uma textura luminosa e toque aveludado, a pele normal possui um nível de hidratação equilibrado. Para testar se esse é o seu tipo de pele, no fim do dia, antes de remover a maquiagem pressione um lenço de papel sobre a sua pele. Se o lenço não ficou com óleo e sua sensação é da pele do rosto flexível, vibrante, fresca e elástica, a sua pele é normal.

Pele seca: A pele seca tem um nível de hidratação bem baixo. Ela pode ser um tipo de pele ou um “momento” de pele. No inverno, por exemplo, peles normais podem apresentar esses sintomas de ressecamento. A sensação é de que a sua pele está esticada ou presa, com pouca elasticidade, áspera e uma sensação de secura mesmo, como se estivesse precisando de água.

Pele oleosa: A pele oleosa apresente um aspecto bem mais brilhante do que a pele normal e os poros podem apresentar um tamanho maior na Zona T (testa, nariz e queixo). Se você fizer o teste do lencinho, provavelmente ele ficará tomado pelo excesso de oleosidade. Porém se a oleosidade aparecer somente no centro a sua pele, pode ser um tipo de pele mista.

Pele mista: Muito comum em países de clima tropical, a pele mista é composta por uma grande oleosidade na Zona T, formada pela região do nariz, queixo e testa, em contrapartida a um grande ressecamento nas laterais do rosto. Se você verificar que o óleo vem apenas do nariz e testa (consideradas as áreas do rosto com mais óleo) e não das bochechas, certamente seu tipo de pele é mista.

Atenção para as donas de peles sensíveis! Se você fica com manchas muito facilmente e não reage muito bem aos produtos de cuidados com a pele, ficando inflamada ou com coceira, precisará utilizar produtos específicos para peles sensíveis ou sensibilizadas. O mesmo acontece para quem faz tratamentos estéticos como peeling e laser, ok?

#2 Qual é a idade da sua pele?

Independente da nossa idade, precisamos analisar quantos anos a nossa pele aparenta ter. Tem gente que é bem novinha mas já tem a pele muito castigada de sol e, por isso, vai precisar de um tratamento mais potente. Se você tiver 30+, o ideal é procurar produtos que já tenham ação anti-idade. Uma boa pedida são os creminhos com vitamina C, antioxidantes, ácido hialurônico, etc.

#3 É pra usar de dia ou de noite?

Cremes noturnos geralmente tem texturas mais densas e ação mais profunda na renovação celular. Se você precisa de um super boom de hidratação na pele, o creminho noturno pode ser seu aliado. Só lembre-se SEMPRE de que ao menos um protetor solar você PRECISA usar durante o dia, ok? Não adianta cuidar da pele de noite se você agredir seu rostinho o dia inteiro com poluição, sol e outros agentes externos.

 

 

 

Sem Comentários