img-principal-tipo-pele

A gente tem muita mania de testar produtos que vemos nossas amigas usando, né? “Se deu certo com ela, vai dar certo comigo”, a gente pensa. Verdade??? Mentira.  Isso porque pele é ÚNICA e o tratamento de cada pele deve ser individual. Nesse processo de pegar uma diquinha aqui e outra ali, podemos estar utilizando algum produto não indicado para o nosso tipo de pele e acabar tendo um resultado diferente do esperado. Pra não correr esse risco, troque sempre informações com sua dermatologista e fique muito atenta nas descrições dos produtos, para descobrir a indicação por tipo de pele.

Não sabe qual é o seu tipo de pele? A gente te ajuda.

Pele oleosa:

– Costuma ter mais secreção sebácea e, por consequência, ela brilha mais, principalmente na região central da face, chamada de zona T (testa, nariz e queixo). Mas, ao contrário da pele mista, a pele oleosa apresenta bastante brilho também nas regiões laterais do rosto, como bochechas e têmporas, e também no maxilar.

– Pode apresentar uma dilatação visível nos poros, além de cravos e espinhas. A quantidade e/ou tipo dos cravos e espinhas vai variar de pele para pele.

– Quem tem pele oleosa geralmente tem vontade de lavar o rosto durante o dia, após o almoço ou no meio da tarde.

– A maquiagem pode não durar o tempo que você gostaria porque ela tende a “derreter” durante o dia, devido a produção de oleosidade em excesso.

Pele mista:

– Sua característica principal é de ser uma pele brilhante, com poros dilatados e excesso de oleosidade, principalmente na zona T (região da testa, nariz e queixo), já nas demais regiões do rosto a pele apresenta desequilíbrio em sua hidratação natural, tornando a pele opaca, com aparência fina e com tendência ao aparecimento de rugas.

Pele seca:

– Peles secas tem pouca produção sebácea e, por isso, apresentam um aspecto muitas vezes esbranquiçado, seco ao toque, com pouca luminosidade.

– Algumas áreas do rosto tendem a apresentar muitas linhas de expressão e de ressecamento.

– Em níveis avançados pode apresentar coceiras, vermilhidão e descamação.

– Pode apresentar aparência de pele “afinada”.

– Os poros dilatados são mais comuns nas peles oleosas, mas também podem aparecer nas peles secas devido ao repuxamento causado pela falta de água na pele.

E aí, com qual delas sua pele mais se parece? 

 

 

SHARE

Comentar

Your email address will not be published.